Paulo Coelho: 70 anos de um brasileiro incompreendido


Paulo Coelho, carioca da gema, é um dos escritores brasileiros mais reconhecido internacionalmente. Famosos e anônimos, de Obama a Madonna, já leram pelo menos um de seus livros. São 21 títulos publicados, traduzido para mais de 80 línguas e publicado em mais de 170 países… e ainda assim, muitos de nós, brasileiros, torcem o nariz para ele. Seja pelos textos simples (ou escrita pobre, segundo alguns críticos) ou pela vida discreta (outrora ele sempre falava de si como um mago, alguém fora de série, hoje raramente dá entrevistas), é inegável que ele levou o Brasil a altos patamares literários. Depois de Jorge Amado, ele é o brasileiro mais lido fora do país.

O mais incrível é que o leitor pode se identificar com qualquer um de seus personagens, não necessariamente sendo brasileiro. Talvez isso – e o misticismo sutil – tenha conquistado tanta gente. Ou pelas mensagens que ele transmite: não escreve auto-ajuda, mas consegue demonstrar que a força de vontade do indivíduo e um pouco de fé é o suficiente para que ele vença. Qualquer ser humano em qualquer parte do globo consegue se ver em suas histórias. Até mesmo se a pessoa nascer em um país extremamente laico, como a Alemanha.

Talvez os acadêmicos se incomodem com o sucesso dele (na verdade, os acadêmicos se incomodam com muita coisa…), ou com a presença dele na Academia Brasileira de Letras (Paulo é um imortal, sentado na cadeira 21). Gênio para uns, maluco para outros, mas admitamos que, se o autor de sucessos como “O Alquimista” e “O Diário de um Mago” dependesse só das músicas que ele compôs para Raul Seixas (Sociedade Alternativa é a mais famosa), dificilmente ele seria tão falado assim. Nesta quinta, 24,  ele completa 70 anos. Um homem que teve sua vida esmiuçada no livro “O Mago”, de Fernando Morais, e que ainda pode dar muito ao país. Basta que os brasileiros deem uma oportunidade. Não é tão ruim assim. E não deve ser à toa que ele é o segundo autor mais vendido no mundo.

Previous Censo do Livro Digital mapeia pela primeira vez o conteúdo digital do país
Next Universo dos Livros programa mais de 15 eventos para a Bienal 2017

Suggested Posts

“Leia. Seja.” foi anunciada ontem, na Bienal Internacional do Livro Rio Por: Kamila Ferreira *Foto: WMcCann/Miro O Sindicato de Nacional de Editores de Livros (SNEL) lançou nesta quinta, 31, a campanha “Leia. Seja.”, durante a abertura da Bienal do Rio. O objetivo principal é disseminar a leitura entre os cidadãos e, para atrair o maior …

0 42

O objetivo principal da associação é fortalecer a literatura desses gêneros no país e divulgar autores e obras A recém-criada Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror, a ABERST, já possui uma pré-estrutura, como os documentos, o Estatuto Social, presidente eleita e etc., porém, precisa de dinheiro para registrar a marca e …

0 87

“O Homem que Buscava Sua Sombra” será lançado fora do país dia 7 de setembro. Por aqui, a editora ainda não anunciou a data da pré-venda Por Kamila Ferreira Sucesso por onde passou, a série Millennium chega em seu quinto volume e, desta vez, Lisbeth Salander foi parar na cadeia. Na última segunda, através das …

1 50

Programa ficará até sexta no local e conta livros a partir de R$2,00 O “Mais Leitura” é um programa de incentivo à leitura da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, que disponibiliza obras novas nos valores de R$2 a R$ 7 reais. Ele ficará instalado no segundo andar da Câmara dos Vereadores de …

0 42

O escolhido da vez é o Gerald’s Game – no Brasil, Jogo Perigoso – e estará na plataforma em 29 de setembro O livro “Jogo Perigoso” foi publicado no Brasil em 1992 e conta a história de um casal que vai para uma cabana em um local isolado afim de apimentar a relação. Porém a …

0 47

Com o tema “Eu Quero Liberdade”, a Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra acontecerá de 16 a 18 de novembro Durante os três dias, os visitantes poderão acompanhar os lançamentos de livros e diversos produtos confeccionados por afro-empreendedores, além de participar de atividades culturais, palestras, debates e contações de histórias. A FlinkSampa promove também …

0 41

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *